Início
Tecnologia
Saúde
Negócios
Variedades
 
Contato
Indique
Incluir Notícia
Imagens em Destaque
Terça-Feira, 28 de Maio de 2024

Brasil tem e sempre terá atrativos para que estrangeiros constituam empresas em seu território - 08/08/22


Compartilhar:

Eduardo Todeschini
Eduardo Todeschini



Um mercado consumidor gigantesco, riqueza em recursos naturais, carência de aprimoramento em sua infraestrutura logística e tecnológica, um bom ecossistema de startups e fome de inovação são algumas de suas vantagens competitivas, de acordo com a Pryor Global

A crise econômica motivada pela pandemia somada à instabilidade política, que diariamente é exibida no noticiário local, diminuiu as expectativas para o investimento estrangeiro no Brasil. Em um cenário de incertezas, como foram os últimos dois anos, é normal – e até esperado – que haja maior precaução por parte dos investidores internacionais, mas o país tem conseguido superar as perspectivas desanimadoras.

Impulsionado pelo boom das commodities, o Brasil foi o sexto maior destino de investimentos externos em 2021, recuperando a posição pré-pandêmica. Dados publicados pela Conferência da ONU para o Comércio e Desenvolvimento mostram que o Brasil recebeu US$ 50 bilhões em fluxo no ano passado, contra US$ 28 bilhões um ano antes. A expectativa é de que o preço alto das commodities estimule multinacionais a aumentar os investimentos no país em 2022. Em maio, o Brasil já contava com R$ 188 bilhões contratados.

“É compreensível que exista algum receio de investir neste momento, não somente no Brasil, mas em diversos países ao redor do mundo. Mas acreditamos que as vantagens que nosso país oferece continuarão a conquistar novos investimentos. Afinal temos um dos maiores mercados consumidores do mundo, somos ricos em recursos naturais e completamente adeptos à novas tendências e inovações”, afirma Eduardo Todeschini, CEO da Pryor Global.

Em seguida, Todeschini elenca e detalha as principais razões para acreditar que o Brasil é e sempre será um bom investimento:
• Mercado consumidor significativo - o Brasil é a maior economia da América Latina e tem um dos maiores mercados consumidores do mundo, com 215 milhões de habitantes. Portanto, o país oferece diversas oportunidades para quem souber aproveitá-las. Hoje, os consumidores têm mais acesso à informação do que antes e buscam dados confiáveis sobre as marcas para auxiliá-los na decisão de compra. Eles também demandam produtos e serviços específicos, de modo que, quem quiser operar no país, pode fazê-lo de diversas formas.

• Recursos naturais / Condições geográficas - a paisagem natural brasileira é muito variada, formada não só pela floresta amazônica, a maior do mundo, mas também pelos demais biomas, bastante diferentes entre si. Não é por acaso que o Brasil é um dos maiores exportadores de commodities do mundo, muito forte no agronegócio. Empresas que atuam nesse setor encontrarão terreno fértil para se desenvolverem no país, caso tenham interesse.

• Porta de entrada para o Mercosul - dentre os acordos internacionais do qual o Brasil faz parte, destaca-se este com o Mercado Comum do Sul, que prevê benefícios do tipo livre circulação de mercadorias e serviços e legislação integrada, a fim de facilitar a vida das empresas que atuam nos países membros. Empresas estrangeiras que passam a operar no país podem se beneficiar dessas mesmas vantagens e ter as chances de expandir ainda mais os seus negócios.

• Abertura à inovação - há muitas razões pelas quais o Brasil ainda não despontou significativamente no comércio global, e uma delas é a barreira à inovação. O investimento em ciência, tecnologia e inovação (CT&I) é baixo, hoje, no país, limitado a 1,2% do PIB. A maior parte das nossas exportações são commodities, portanto, de menor valor agregado. A iniciativa privada tem unido esforços para reverter esse cenário, segundo pesquisa da Confederação Nacional das Indústrias (CNI), 90% da inovação no Brasil é feita com investimento privado. Além disso, apesar dos investimentos públicos em tecnologia não serem significativos, o País conta com um grande número de startups dedicadas aos mais variados setores -, com destaque para o bancário (que é referência em tecnologia e eficiência globalmente há anos) -, setores de saúde, educação, agronegócios, entre outros, e está aberto a receber capital estrangeiro.
Porém, o Brasil também é conhecido por sua burocracia, por seus altos custos e pela complexa tributação, o que torna um requisito obrigatório para a abertura de uma empresa em território nacional o apoio de consultorias como a Pryor Global. “Nós contamos com profissionais altamente especializados para apoiar os investidores e empresários com serviços de representação legal e gestão administrativa, aplicando controles internos de compliance para que o administrador ou representante legal assine documentos sempre em conformidade com o que estabelece a relação contratual e o contrato social/ato societário ou procuração da sociedade”, explica Todeschini.

Segundo ele, muitas empresas escolhem a Pryor Global como administradora ou representante legal devido a confiança e credibilidade conquistada em mais de 26 anos de mercado, que dá a certeza de ter documentos assinados de forma rápida e segura, o que possibilita que o empreendedor foque em outras questões e assuntos importantes, como estratégia de crescimento e negociações.

Entretanto, os serviços oferecidos pela Pryor Global com o intuito de apoiar os novos investidores ou empreendedores que decidem abrir negócios por aqui vão muito além. “Somos mais conhecidos e procurados pelos serviços de representação legal, mas hoje temos um amplo portfólio para garantir apoio de back office integral aos clientes, com serviços de contabilidade, gestão de recursos humanos, de seguros para garantir tranquilidade e segurança às operações, entre outros”, conclui Todeschini.



Indique esta notícia:
Seu nome

Seu e-mail

Nome indicado

E-mails dos indicados (separados por vírgulas)

Mensagem (opcional)

Reproduza na caixa de texto, o código anti-spam abaixo



  
Entre em Contato com o responsável pela notícia:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Reproduza na caixa de texto, o código anti-spam abaixo



  
 
 Agenda
 

São Paulo

30/05/2024
Forrobodó do Sertão agita o Parque Villa Lobos nos dias 30 e 31 de maio

São Paulo

01/06/2024
Cris Barulins agita o Sesc no ritmo de pandeiros

São Paulo

04/06/2024
Rayflex apresenta soluções para o controle de contaminação na FCE Pharma 2024

Uruaçu

06/06/2024
HCN sediará a 2ª edição da Semana do Meio Ambiente e Saúde

Sertãozinho/SP

16/06/2024
Entidade de Sertãozinho, Casa Abrigo Nosso Lar, realiza 26ª edição do Porco no Rolete

Copyright © 2008 JORNOW. Todos os direitos reservados