Início
Tecnologia
Saúde
Negócios
Variedades
 
Contato
Indique
Incluir Notícia
Imagens em Destaque
Terça-Feira, 28 de Maio de 2024

Receita Federal fará cruzamento de dados para identificar contadores inaptos por meio do Conselho Federal de Contabilidade (CFC) - 22/03/22


Compartilhar:

Os profissionais que ainda não têm registro na instituição precisam regularizar sua situação o mais rápido possível

A Receita Federal (RF) está fazendo agora um cruzamento dos dados cadastrados no Conselho Federal de Contabilidade (CFC), com as informações de profissionais que atuam na área que têm apresentado ao órgão documentos contábeis e declarações de renda. Essa ação obedece ao que foi disposto na Nota Técnica ECD - Escrituração Contábil Digital nº 001, de 12 de janeiro de 2022, que visa garantir o cumprimento da normativa que regulamenta o exercício da profissão contábil no Brasil, que estabelece que só contadores ou técnicos em contabilidade com registro nos Conselhos Regionais de Contabilidade (CRC) podem atuar trabalhar na área Contábil.
Desse modo, todas as Escrituras Contábeis Digitais (ECDs) transmitidas a partir deste ano podem receber um aviso durante a transmissão informando sobre os profissionais de contabilidade que constem como “inaptos” nos registros do Conselho Federal de Contabilidade, mas que, mesmo assim, assinam a escrituração. Esse aviso, entretanto, não impede a transmissão da ECD, que continua sendo obrigatória.
De acordo com a Nota Técnica, os profissionais de contabilidade que serão submetidos ao cruzamento de dados da Receita Federal juntamente ao CFC são aqueles registrados sob os códigos: 900 - contador/contabilista; 940 - auditor independente signatários da escrituração; 910 - Contador/Contabilista responsável pelo termo de verificação para fins de substituição da ECD; e 920 - auditor independente, responsável pelo termo de verificação para fins de substituição da ECD.
“A recomendação é que o profissional sujeito ao cruzamento de informações se regularize o mais breve possível, para que não venha a sofrer sanções do seu conselho de classe”, alerta Eduardo Todeschini, CEO da Pryor Global.
O que é a ECD e quem é obrigado a declarar?
A Escrituração Contábil Digital (ECD) foi instituída em Instrução Normativa do Governo Federal e faz parte do Sistema Público de Escrituração Digital (Sped). Ambos foram criados para facilitar e unificar a recepção, validação, armazenamento e autenticação de documentos contábeis em todo o país.
“Assim, a ECD permitiu a substituição de documentos em papéis por digitais de livros diários, de razão e balancetes, além de fichas de lançamentos diários e outros. Isso não impede que o empresário guarde os seus livros físicos, caso seja necessário apresentá-los em alguma auditoria”, explica Todeschini.
Todas as pessoas jurídicas, inclusive as equiparadas e as entidades imunes e isentas, que estejam sujeitas à tributação do imposto sobre a renda, com base no lucro real ou presumido, são obrigadas a submeter a ECD todos os anos.



Indique esta notícia:
Seu nome

Seu e-mail

Nome indicado

E-mails dos indicados (separados por vírgulas)

Mensagem (opcional)

Reproduza na caixa de texto, o código anti-spam abaixo



  
Entre em Contato com o responsável pela notícia:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Reproduza na caixa de texto, o código anti-spam abaixo



  
 
 Agenda
 

São Paulo

30/05/2024
Forrobodó do Sertão agita o Parque Villa Lobos nos dias 30 e 31 de maio

São Paulo

01/06/2024
Cris Barulins agita o Sesc no ritmo de pandeiros

São Paulo

04/06/2024
Rayflex apresenta soluções para o controle de contaminação na FCE Pharma 2024

Uruaçu

06/06/2024
HCN sediará a 2ª edição da Semana do Meio Ambiente e Saúde

Sertãozinho/SP

16/06/2024
Entidade de Sertãozinho, Casa Abrigo Nosso Lar, realiza 26ª edição do Porco no Rolete

Copyright © 2008 JORNOW. Todos os direitos reservados