Moda infantil
 
Início
Tecnologia
Saúde
Negócios
Variedades
 
Contato
Indique
Incluir Notícia
Imagens em Destaque
Quarta-Feira, 13 de Dezembro de 2017
 

Estudo revela o uso da medicina complementar na Europa - 16/11/17

Indique - Contato - Compartilhar:


Um estudo extensivo traçou o uso da medicina complementar e alternativa na Europa e descobriu que essa prática está sendo usada para vários problemas de saúde, particularmente em situações onde a ajuda fornecida pelo medicamento convencional é considerada inadequada pelo paciente.

Dores de cabeça, dor nas costas e outras condições vexantes fizeram as pessoas recorrerem às formas complementares/alternativas de tratamento. O estudo revelou que as mulheres e aqueles com ensino superior usam a medicina complementar e alternativa mais frequentemente do que as outras pessoas.

Os dados da pesquisa foram coletados em mais de 20 países, com aproximadamente 40.000 entrevistados participantes de um estudo realizado em cooperação entre as universidades finlandesas de Helsinque, Tampere e Turku. Foram examinados quatro tipos de tratamento: tratamentos asiáticos tradicionais (medicina chinesa, acupuntura, acupressão), medicamentos alternativos (homeopatia, ervas medicinais), terapias manuais (massagem, quiropraxia, osteopatia, reflexologia) e terapias mentais e corporais (hipnose e cura espiritual).

Tratamentos usados por um em cada quatro

De acordo com os achados, um em cada quatro sujeitos na população estudada usou tratamentos complementares e alternativos no ano passado. As formas mais utilizadas de tratamento foram massagem (12%), homeopatia (6%), osteopatia (5%) e remédios de ervas (5%). A maioria dos indivíduos tinha experimentado apenas uma forma de tratamento.

Os pesquisadores também descobriram que a medicina alternativa foi usada principalmente de forma complementar ou em conjunto com a medicina convencional. Isso deve ser mantido em mente tanto no atendimento prático ao paciente, quanto no discurso público, onde esses tratamentos são frequentemente abordados como uma alternativa à medicina convencional, defendem os autores do estudo.

Diferenças substanciais entre países em uso de tratamento

“A prevalência de tratamentos variou muito entre os países do estudo. Na Alemanha, quase 40% da população estudada usava formas de tratamento complementares e alternativas, enquanto que na Hungria a proporção correspondente era de 10%. Na Finlândia e na Estônia, 35% dos entrevistados usavam essas formas de tratamento. As diferenças são explicadas em parte pelo fato de que, em alguns países, esses tratamentos são cobertos por planos de saúde e em outros há treinamento de especialistas em terapias complementares”, afirma o pediatra e homeopata Moises Chencinski (CRM-SP 36.349).

O estudo concentrou-se no uso de medicamentos complementares e alternativos na Europa. Foi publicado no Scandinavian Journal of Public Health. Baseia-se nos dados do European Social Survey (Round 7), recolhidos em 2014.

CONTATO:
Site: http://www.drmoises.com.br
Fanpage: http://www.facebook.com/doutormoises.chencinski/


ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO:
Márcia Wirth
MW-Consultoria de Comunicação & Marketing em Saúde
Site: http://www.marciawirth.com.br
E-mail: faleconosco@marciawirth.com.br
Telefones: (11) 9 9394 3597/3791 3597



Indique esta notícia:
Seu nome

Seu e-mail

Nome indicado

E-mails dos indicados (separados por vírgulas)

Mensagem (opcional)

Reproduza na caixa de texto, o código anti-spam abaixo



  
Entre em Contato com o responsável pela notícia:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Reproduza na caixa de texto, o código anti-spam abaixo



  
Voltar
Loja online roupas infantis
Agenda
sao paulo
15/12/2017

Bazar Negócios de Mulheres com Workshops para Empreendedoras
São Paulo
15/12/2017

Noslen e Gabriel Lou botam fogo no jogo com lyric vídeo de “Roy Mustang”
Cajamar
15/12/2017

Vencedor do The Voice Brasil Renato Vianna se apresenta no Anhanguera Parque Shopping
Curitiba
16/12/2017

Aurora boreal é tema de exposição em Curitiba
Curittiba
16/12/2017

Livro infantil revela o dilema das crianças: eu sou pequeno ou grande?
Teresópolis
16/12/2017

1ª Feira de mães empreendedoras acontece na Casa das Letras
Boituva
22/12/2017

Boituva recebe cantor Jean William e grupo Jazz Trio em apresentação gratuita

Copyright © 2008 JORNOW. Todos os direitos reservados