Início
Tecnologia
Saúde
Negócios
Variedades
 
Contato
Indique
Incluir Notícia
Imagens em Destaque
Quinta-Feira, 18 de Agosto de 2022
 

Diebold Nixdorf leva diferentes versões de sua solução de autoatendimento DN Series 400 para FEBRABAN TECH 2022 - 05/08/22

Indique - Contato - Compartilhar:


Empresa apresentará quatro configurações exclusivas do terminal, com recursos como biometria, reciclador de notas, integração nativa baseada em Internet das Coisas (IoT), segurança e soluções interativas



A Diebold Nixdorf, líder mundial em impulsionar e conectar o comércio para as indústrias de bancos e varejo, estará presente na FEBRABAN TECH, que acontece entre os dias 9 e 11 de agosto no Prédio da Bienal de São Paulo, no Ibirapuera. Como destaque, a empresa apresentará diferentes versões do DN SeriesTM 400, solução de autoatendimento que traz como diferencial a abordagem modular, aberta e always-on totalmente pensada para atender as demandas bancárias no mundo digital. Ao todo serão quatro configurações de uso diferentes à disposição dos visitantes, em máquinas com recursos como biometria, reciclador de notas, integração nativa baseada em Internet das Coisas (IoT) All Connect Data Engine, segurança aprimorada e uma série de soluções interativas para melhorar a experiência dos consumidores no uso do dia a dia.

“ODN Series 400é uma solução de autoatendimento que enfrenta os desafios da era digital, permitindo que os bancos e varejistas tenham uma solução altamente modular, flexível e aberta para atender as necessidades de espaço, interatividade, segurança e eficiência”, diz Elias Rogério da Silva, Presidente da Diebold Nixdorf Brasil. “Estamos muito felizes de, pela primeira vez, podermos levar essa solução para um evento e mostrar ao público todo o potencial do terminal. Temos certeza de que essa é uma solução preparada para ajudar os bancos a criarem uma experiência melhor e mais eficiente para seus clientes numa jornada que valoriza os serviços digitais ao mesmo tempo que entrega um ponto de contato físico de alto valor agregado.”

O executivo ressalta que os terminais DN Series 400 reforçam o compromisso da empresa em oferecer soluções capazes de conectar clientes e instituições financeiras de forma completa, como um ponto de contato entre os mundos físico e digital. “Queremos construir o futuro da relação entre bancos e clientes de todos os tipos. Buscamos entregar mais eficiência, segurança, disponibilidade, inovação e diversidade de serviços, sempre com a possibilidade de também ser mais personalizável. Esse é nosso foco”, comenta Silva.

Sandro Bernardi, Head da Divisão de Produtos da Diebold Nixdorf, explica que um dos principais diferenciais dos terminais DN Series 400 é sua construção sobre uma plataforma 100% modular, com a opção de ser montado em acordo com as demandas e características específicas de cada banco, agência ou modelo de utilização. “Estes equipamentos trazem o que há de mais moderno na gestão de numerário, segurança, customização para marketing e monitoramento. Isso traz enormes ganhos para os bancos, que podem reduzir custos e otimizar o gerenciamento dos parques instalados, além de também oferecer uma experiência de uso muito mais dinâmica, com alta disponibilidade garantida para os consumidores”, reforça.

Para isso, o DN Series 400 oferece design sofisticado, desenvolvido com a colaboração de consumidores e clientes de todo o mundo, tela multitouch, sensores de reconhecimento sem contato e diferentes propostas de processamento e gestão de dados (local e em Nuvem). Além disso, conta com soluções antifraude de última geração, resistindo a ameaças físicas, lógicas e cibernéticas. Outro ponto em destaque é a presença do módulo de reciclagem de 4ª geração (RM4), que oferece maior espaço e capacidade de operação, dispensador de moedas e recursos de depósito em cheque. Além disso, a solução conta com sistemas de última geração, que facilitam a integração rápida e simples das máquinas no ecossistema de canais das organizações bancárias.

Outro ponto importante é o cuidado com a sustentabilidade, nos pilares de viabilidade ambiental, social e corporativo do conceito de ESG. Os terminais da nova família DN Series possuem estruturas mais leves, mais seguras e mais sustentáveis. Os equipamentos são confeccionados com a utilização de materiais reciclados e recicláveis, sendo, em média, 25% mais leves que a maioria dos equipamentos tradicionais – o que ajuda a reduzir as emissões de CO2 na fabricação, no processamento e até no transporte de componentes e terminais. Contam, também, com painéis led, que reduzem o consumo de energia, e integração nativa para uso de APIs, o que possibilitará ampliar os recursos de Open Banking, reforçando a importância dos terminais como elementos de interação entre consumidores e bancos (inclusive digitais).

Para Matheus Neto, Gerente de Soluções de Hardware da Diebold Nixdorf, o DN Series 400 marca uma verdadeira revolução nas oportunidades de uso dos ATMs no setor bancário brasileiro. \"Com o avanço de questões como o Open Banking, o foco está totalmente centrado na experiência dos consumidores. Essa é uma demanda para o agora e para o futuro. Nesse cenário, o DN Series 400representa uma solução de autoatendimento preparada para habilitar e operar uma nova gama de possibilidades para atender os consumidores e, ao mesmo tempo, tornar as operações mais conectadas, sustentáveis e inteligentes\", diz.

Com o DN Series 400, os negócios contam com:



- Arquitetura modular: para acompanhar e se adaptar as diferentes jornadas do consumidor, o DN Series 400 é construído em uma plataforma modular. Com este terminal, é possível escolher features distintos, com diversas possibilidades de combinação de hardware e aplicações. Tudo para compor e oferecer uma solução adequada - para hoje e amanhã - e obter sempre o melhor mix de caixa.



- Maior disponibilidade: os terminais DN Series 400 permitem maior visibilidade sobre os processos e altíssima disponibilidade. Já com integração nativa com o All Connect Data Engine, que utiliza elementos como Internet das Coisas (IoT), históricos de atendimento e aprendizado de máquina (ML) para maximizar a disponibilidade de ATMs, os equipamentos da nova linha foram construídos para aproveitar o aprendizado de máquina para prever e corrigir falhas antes mesmos que eles aconteçam.



- Experiência otimizada e mais integração: por meio do software DN VynamicTM Self-Service, o DN Series 400 fornece uma plataforma de software aberta, flexível e modular que funciona por meio de uma abordagem capaz de suportar APIs que permitem integração mais rápida e mais personalização. Isso permite que os bancos sejam mais flexíveis agora e no futuro, adicionando novas funcionalidades sem reconstruir toda a sua solução de tecnologia.



Indique esta notícia:
Seu nome

Seu e-mail

Nome indicado

E-mails dos indicados (separados por vírgulas)

Mensagem (opcional)

Reproduza na caixa de texto, o código anti-spam abaixo



  
Entre em Contato com o responsável pela notícia:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Reproduza na caixa de texto, o código anti-spam abaixo



  
Voltar
Agenda

Copyright © 2008 JORNOW. Todos os direitos reservados