Painel de notícias
 
Início
Tecnologia
Saúde
Negócios
Variedades
 
Contato
Indique
Incluir Notícia
Imagens em Destaque
Quarta-Feira, 13 de Novembro de 2019
 
Os pesquisadores e palestrantes da I Conferência de Nutrição Funcional & Câncer
Os pesquisadores e palestrantes da I Conferência de Nutrição Funcional & Câncer

VP- Centro de Nutrição Funcional realiza a I Conferência de Nutrição Funcional & Câncer - 07/11/19

Indique - Contato - Compartilhar:





A VP – Centro de Nutrição Funcional, referência no ensino e pesquisa em Nutrição Funcional no Brasil, com reconhecimento internacional realiza a I Conferência em Nutrição Funcional & Câncer, com os maiores especialistas no estudo da nutrição funcional e oncologia. O evento acontece dia 9 de novembro das 8hs às 17h45, no Polo FECAP Liberdade, em São Paulo.


Os palestrantes da I Conferência de Nutrição Funcional & Câncer
Com o aumento no número de casos de câncer no Brasil e no mundo, também cresce a preocupação dos pesquisadores, profissionais da saúde e população sobre as causas, prevenção e tratamento da doença, e para isso a Conferência reúne os maiores especialistas na área de nutrição funcional e oncologia.
O evento irá abordar desde métodos de prevenção até o tratamento da doença. A Diretora da VP- Centro de Nutrição Funcional Dra. Valéria Paschoal destaca: “Durante toda a Conferência será abordado a importância dos alimentos orgânicos, biodinâmicos, alimentos que possuem muitos fitoquímicos para fazer a modulação, tanto na prevenção como no tratamento dos diferentes tipos de cânceres. Quando falamos de fitoquímicos, nos referimos aos alimentos orgânicos e biodinâmicos e também as PANC- Plantas Alimentícias não Convencionais, que são extremamente resilientes e por isso, possuem uma maior quantidade de fitoquímicos”.

Em sua palestra, a Dra. Valéria Paschoal estará mostrando um trabalho em Bauru, no interior de São Paulo com o consumo de ora-pro-nóbis por mulheres que possuem câncer de mama. Também mostrará iniciativas importantes e sustentável em relação as PANC, mostrando ainda onde podem ser encontradas, bem como os alimentos orgânicos e biodinâmicos.
A Dra. Valéria Paschoal é Nutricionista. Mestre na área de Nutrição e Pediatria pela UNIFESP – EPM. Editora Científica da Revista Brasileira de Nutrição Funcional. Diretora da VP- Centro de Nutrição Funcional. Instagram: @dravaleriapaschoal

O diálogo entre as emoções e a espiritualidade: qual o impacto no sistema imunológico na doença oncológica

O tema será abordado pela Nutricionista Dra. Juliana Geraix, especialista em oncologia, que destaca: ”O câncer é uma doença multifatorial, sendo cerca de 95% dos gatilhos ambientais, e apenas, em torno de 5% de causa genética. Dentre os fatores ambientais, o padrão alimentar é um dos principais gatilhos na doença oncológica, bem como na prevenção da mesma, a depender das escolhas que fazemos. No entanto, existem outros fatores envolvidos nesse processo, que vão além de causas físicas. O filósofo grego, Platão, já menciona que “O maior erro no tratamento de doenças é que existem os médicos do corpo e os médicos da alma, mas ambos não podem estar separados”. Assim, como o filósofo jesuíta francês, Pierre Teilhard de Chardin dizia: “Não somos seres humanos, vivendo uma experiência espiritual; somos seres espirituais, vivendo uma experiência humana”. E, portanto, somos um Ser integral, que envolve aspectos físicos, mentais, emocionais, espirituais e energéticos. E nesse sentido, da mesma forma que devemos cuidar da forma como nutrirmos o nosso físico, devemos saber nutrir nossos pensamentos e sentimentos, pois eles conduzirão aos nossos comportamentos e hábitos, e assim formarão nosso caráter e estilo de vida”.
E como, nossas emoções, podem impactar nosso sistema imunológico?

Para Geraix, a Ciência já aponta que indivíduos que são mais resilientes, ou seja, àqueles que têm maior capacidade de lidar com os desafios, adaptar-se às mudanças, superar obstáculos ou resistir à pressão de situações adversas, tem um perfil de resposta imunológica com maior ativação de macrófagos do fenótipo 2, que são células de defesa com perfil menos inflamatório, e com isso, menos geradora de um perfil de resposta imunológica com tendência à doença oncológica. Por outro lado, indivíduos com processos de relações intrapessoais e interpessoais negativas, com sentimentos de raiva, hostilidade, conflito, desprezo, isolamento social, pessimistas, entre outros, apresentam maior produção de interleucina-6, uma citocina que está envolvida em todas as etapas da doença oncológica, desde o início do processo até metástase. Sendo assim, a forma como você lida com os desafios, o sentimento gerado e o tempo que esse sentimento se manifesta, é significativo na prevenção ou do desenvolvimento do câncer, a depender das emoções positivas e negativas.

Não bastante, o eixo cérebro-intestino, já é uma área da Ciência também bem documentada, mostrando uma relação de via dupla entre o sentimento gerado e o perfil de microbiota intestinal, e o tipo de microbiota e as doenças psíquicas. Ou seja, estados de ansiedade e depressão, geram aumento de bactérias patogênicas no intestino, que por sua vez, geram mais estado de ansiedade e depressão. E, os estudos científicos já apontam para a relação da microbiota com o câncer, em todas as etapas da doença, desde a prevenção ou gatilho, a minimização de efeitos adversos das terapias antineoplásicas e a eficácia ou não da imunoterapia, a depender do perfil de microbiota. Nesse sentido, o sentimento que você gera, influencia no perfil da sua microbiota que pode ser um gatilho para doença ou saúde.

E, como podemos modular esse processo com as ferramentas da Nutrição Funcional?

Durante a Conferência, serão discutidas além das questões físicas, mas, também como a Fé, pode ser uma das ferramentas na modulação da resposta imunológica, e assim, atuar na prevenção da doença oncológica, bem como no tratamento, contribuindo para a tão almejada longevidade.

E quais seriam essas ferramentas da Fé? Como nutrir nossos pensamentos e sentimentos, e assim termos um comportamento mais ideal? Esses são os temas que serão abordados na palestra da Dra. Juliana Geraix.

O papel dos compostos bioativos no tratamento de paciente oncológico durante a terapia antineoplásica

O tema será abordado pelo Dr. Daniel Gurgel. Ele destaca: “O primeiro ponto a ser analisado é como são formados esses compostos bioativos nas plantas que nós consumimos, os mecanismos que as plantas utilizam para que eles fiquem disponíveis e então ao consumirmos por meios dos alimentos nós possamos verificar os efeitos que eles exercem no corpo. Verificaremos também as vias que os compostos bioativos podem modular, que são vias do corpo humano nas células, em que elas podem ser ajustadas, seja estimulada ou inibidas, a fim de que possa haver uma resposta específica esperada a partir do composto bioativo.

Tratemos também estudos experimentais em animais, assim como estudos em humanos alegando os pontos positivos que os compostos bioativos podem ter para serem inseridos em um plano alimentar que possa ser utilizado pelo paciente. Também serão mostrados estudos que relatam não haver efeito positivo deste uso. Neste sentido, a ideia da palestra é trazer o entendimento de que há a necessidade por parte dos profissionais de entender como é a prescrição a fim de não extrapolar, de não prescrever de maneira aleatória, e sim uma prescrição individualizada, para que os compostos biotivos tenha sua eficácia na prevenção e tratamento da doença”.

O Dr. Daniel Gurgel é nutricionista pela UNIFOR, Pós-graduado em Nutrição Clínica Funcional pela UNICSUL-VP, Pós-graduado em Fitoterapia Funcional pela UNICSUL-VP, Mestre em Patologia pela UFC, Doutor em Oncologia (AC Camargo Cancer Center), Docente no IFCE – Instituto Federal do Ceará.

Agrotóxicos e transgênicos: painel de risco na carcinogênese
A Nutricionista Dra. Camila Avelar abordará o assunto delineando todo o painel de risco que está associado a carcinogênese. “A ideia da palestra é aprofundar o assunto, com dados e raciocínios que consigamos entender os riscos dos agrotóxicos mais profundamente. Onde é que os agrotóxicos e os transgênicos favorecem o câncer exatamente e a carcinogênese. Serão apresentados dados a nível molecular, bioquímico, endócrino, genético e epigenético, para que as pessoas entendam que de fato eles aumentam os riscos para câncer”.

O painel trará ainda uma ligação muito íntimo, direta da exposição à estas substâncias a esses alimentos produzidos com agrotóxicos, com risco de câncer. “Aprofundaremos, portanto, o conhecimento sobre os riscos que estão associados à exposição dos agrotóxicos e quando ingerimos os alimentos transgênicos, não só pela sua composição, mas pela sua forma de produção, e entendermos um pouco a comunicação metabólica e a comunicação celular. O que acontece que aumenta o risco para a carcinogênese. Assim podemos compreender onde os principais grupos de agrotóxicos atuam de forma deletéria a promover carcinogênese”.

A Dra. Camila Avelar é Mestre e Doutoranda em Alimentos, nutrição e saúde peal UFBA, possui Residência em Nutrição Clínica pela UFBA, pós-graduação em Nutrição Clínica Funcional pela UNICSUL /VP, pós-graduação em Fitoterapia Funcional pela UBICSUL/VP, Especialista em Fitoterapia pela ASBRAN, Graduação em Ciências Biológicas pela UFBA, Nutricionista, Pesquisadora e Docente da VP.
Restrição calórica e jejum intermitente: Qual o impacto no câncer e no sistema imunológico?

O Nutricionista, Farmacêutico e Bioquímico Dr. Gabriel de Carvalho debaterá o tema durante a Conferência. “Abordarei os mecanismos e o que acontece quando a pessoa jaz jejum, fica muito sem comer, seja aquele jejum que ela fica o dia inteiro sem comer ou até mais, ou aquele que fica 16 ou 18 horas m jejum várias vezes por semana, até 2 a 3 vezes. Será explorado os mecanismos dentro das células, o que acontece. Também mostraremos estudos clínicos com um grupo de mulheres com câncer de mama onde foi analisado quem fazia todas as noites menos que onze horas de jejum e mais menos que treze horas, e foi verificado que, quem ficava mais que treze horas sem comer cada noite, diminuiu a chance de voltar o câncer de mama, por exemplo. Outro estudo que será mostrado estudo são com mulheres, também com câncer de mama, que aponta eu se elas faziam jejum antes da quimioterapia um dia antes e um dia depois, ou seja, um dia sem comer, elas tinham menos anemia, plaquetas caiam menos, então o sistema imunológico sofria menos.

Serão revisados estudos em animais in vitro e in vivo, que o jejum aumenta a eficácia de várias drogas, vários quimioterápicos, e melhora o tratamento de vários tipos de câncer, explicarei porque isso acontece, porque melhora o funcionamento e porque as células do paciente sofrem menos”.

Quatro estudos publicados mostram que quando as pessoas fazem jejum antes ou após a quimioterapia, elas têm menos efeitos adversos

Durante a palestra, o Dr. Gabriel de Carvalho mostrará porque isso acontece. “ Porque o paciente tem menos vômito, anemia, diarreia, menos neutropenia (que é a queda dos neutrófilos) e diminui a queda de plaquetas no sangue. No final será abordado porque provavelmente também haverá uma melhora do resultado do tratamento como em animais”.

O Dr. Gabriel enfatiza que os estudos estão em andamento. “São estudos muitos longos, depois que se faz o jejum durante a quimioterapia, como no exemplo do câncer de mama nas mulheres, há necessidade de se aguardar entre cinco e dez anos para avaliar se voltou o câncer ou não, são estudos demorados. Se nos basearmos nos animais, sabemos que, pela lógica a terapia do jejum irá funcionar, porque eles sofrem menos e trata melhor. Já nos seres humanos sabemos que sofrem menos, agora se trata melhor ainda não sabemos porque os estudos ainda demoram a apresentar os resultados. Darei sugestões de como decidir se pode aplicar o jejum em pacientes com câncer, que paciente pode fazer e como fazer”.

O Dr. Gabriel de Carvalho é Nutricionista Pelo IMEC –Porto Alegre em 1997,Diplomado pela Sociedade Gaúcha de Medicina Biomolecular e Radicais Livres, 1998 (Curso Básico), 1999 e 2000 (Cursos Avançados),Primeiro nutricionista latino-americano Diplomado pelo The Institute for Functional Medicine, 1999 (http://www.functionalmedicine.org), entidade que criou o Conceito de \"Medicina Funcional\", no início da década de 90,Introdutor da Nutrição Funcional no Brasil, em 1999, criando o nome “Nutrição Funcional” e ministrando o primeiro curso na área de Nutrição Funcional ,Palestrante exclusivo do Curso de Extensão em Nutrição Funcional de Porto Alegre. Membro fundador e Presidente (2004-2006; 2006-2008) do Centro Brasileiro de Nutrição Funcional (http://www.cbnf.com.br), Presidente de Honra do SBNF - Sociedade Brasileira de Nutrição Funcional - http://www.cbnf.com.br, Farmacêutico–bioquímico pela UFRGS, 2006.

Estratégias para o cuidado das emoções para prevenir e tratar doença oncológica

Essas estratégias serão debatidas pela Psicóloga Dra. Sharon Sarah Sachs Feder e ela destaca: “ As estratégias como meditação e mindfulness, discutirei a importância dos vínculos dos relacionamentos como pilar para nossa saúde e bem-estar.

Olhar holístico para a saúde
A especialista também destacará como estratégias, a importância da atividade física, do sono, um olhar para a saúde como um todo, não adianta falar só da saúde emocional, temos que olhar para a nossa saúde integrada e holística, isso é fundamental para nossa saúde e bem-estar. Como está nossa saúde mental atualmente, os níveis de estresse que estamos lidando hoje em dia, e como isso está impactando, tanto os números crescentes de doenças oncológicas, mas os transtornos mentais e qual é a conexão dos transtornos mentais com o surgimento das doenças oncológicas.

A Dra. Sharon Sarah Sachs Feder é Diretora na Carevolution LTDA e Sócia da Almah Care, Colunista da Revista Cloud Coaching com o artigo mais lido no mês de Março 2017 e de Fevereiro 2018 e capa da revista de Abril 2017 e Março 2018,Formada em Psicologia pela Brown University (EUA),Especialista em Estudos Brasileiros pela Brown University (EUA), Certificação Internacional em Health and Wellness Coaching pela Wellcoaches (EUA),Treinada no Modelo Transteórico de Mudança Comportamental pela Pro-Change Behavior Systems Inc., Treinada em Medicina de Estilo de Vida pelo Institute of Lifestyle Medicine (EUA),Gestão de Empresa Familiar (FGV-SP).

VEJA NO LINKE ABAIXO A PROGRAMAÇÃO COMPLETA
http://www.vponline.com.br/site/conferencias/conferencia-curso-de-aprofundamento-em-nutricao-funcional-e-cancer/programacao_roxo.pdf
H

VP- Centro de Nutrição Funcional
Fundada em 1999, a VP-Centro de Nutrição Funcional foi pioneira na difusão do conceito de Nutrição Funcional no Brasil, realizando cursos de extensão e consultoria científica para o setor empresarial.

Atualmente, sua estrutura engloba cinco divisões, são elas: Educacional; Editorial; Comercial; Consultoria Científica e Responsabilidade Socioambiental. Inclusive, em sua contribuição na área educacional, a VP trouxe todo o seu pioneirismo oferecendo cursos de pós-graduação em Nutrição Funcional (Nutrição Clínica; Nutrição Esportiva e Fitoterapia), que já formou mais de 13 mil profissionais, além de promover o Congresso Internacional de Nutrição Funcional, que já está em sua décima quinta edição.

A VP tornou-se reconhecida no mercado nacional e internacional como referência na área, aplicando e disseminando o conhecimento científico em diversas esferas sociais, econômicas, políticas, técnicas, de forma ética e promovendo a saúde como Vitalidade Positiva.
Assim, a VP direciona esforços para obter crescimento, vislumbrando excelência em suas atividades, por meio da pesquisa, do ensino, das práticas, da informação e do uso da tecnologia.

VP - Centro de Nutrição Funcional
http://www.vponline.com.br
Loja virtual: http://www.vponline.com.br/loja/
Facebook: vpnutricaofuncional
Instagram: @vpnutricaofuncional


Serviço:
I Conferência de Nutrição Funcional & Câncer
Data: 9 de novembro de 2019
Horário: das 8h às 17h45
Local: FECAP Polo Liberdade
Endereço: Av. da Liberdade 532– Liberdade São Paulo– SP
http://www.vponline.com.br/site/conferencias/conferencia-curso-de-aprofundamento-em-nutricao-funcional-e-cancer/programacao_roxo.pdf
Realização: VP Centro de Nutrição Funcional



Mais informações, entrevistas e outras informações podem ser obtidas pelos canais abaixo.


JM-Assessoria de Imprensa & Comunicação
José Maria Filho: Jornalista MTb 19.852
j.maria.filho@uol.com.br
Cel. e whatsap (11) 99804.1112





Indique esta notícia:
Seu nome

Seu e-mail

Nome indicado

E-mails dos indicados (separados por vírgulas)

Mensagem (opcional)

Reproduza na caixa de texto, o código anti-spam abaixo



  
Entre em Contato com o responsável pela notícia:
Seu nome

Seu e-mail

Mensagem

Reproduza na caixa de texto, o código anti-spam abaixo



  
Voltar
Envie arquivos
Agenda
São Paulo
13/11/2019

Em momento de Crise o Empreendedorismo é a Solução. Mas o que empreender e inovar?
São Paulo
16/11/2019

Netza produz festa Mercedes-Benz Motorsport Night com storytelling dos 125 anos da marca no automobilismo
Sertãozinho
18/11/2019

Food Design expande atividades em Ribeirão Preto e região
São Paulo
19/11/2019

Instituto de Engenharia debate integração do transporte público metropolitano em evento na cidade de São Paulo
São Paulo
21/11/2019

OAB/SP promove Seminário sobre “Riscos Cibernéticos e o Cyber Seguro”
São Paulo
22/11/2019

Almirzinho Serra, Rapha Campos e SSL se apresentam na Invictus Hall
Boituva
25/11/2019

Estão abertas inscrições para treinamento sobre Apreciação de Risco em Máquinas da Schmersal
São Paulo
26/11/2019

Saiba como produzir e comercializar audiolivros
São Paulo
02/12/2019

Curso de Harmonização Corporal
Novo Hamburgo
02/12/2019

Instituto tânia zambon lança novo treinamento: o força matrix

Copyright © 2008 JORNOW. Todos os direitos reservados